Advogado com suspeita de Covid-19 que havia deixado hospital morre em Patos de Minas

O advogado João Donizetti de Lacerda, 63 anos, acabou falecendo na madrugada desta quinta-feira (09). Ele estava com suspeita de Covid-19 e chegou a fugir do hospital onde estava internado. A morte aconteceu por volta das 5h00 e o sepultamento acontecerá no Cemitério de Santa Cruz, sem velório.

Mesmo com suspeita de Covid-19, João Donizetti havia deixado o hospital na madrugada dessa quarta-feira (08). Após a Polícia Militar ser acionada, ele foi encontrado caminhando na orla da Lagoa Grande. O irmão dele o convenceu a retornar para o hospital particular onde estava internado.

––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE –––

Pela manhã, João Donizetti recebeu alta e voltou para casa, mas, por volta das 21h00, o SAMU teve que ser acionado porque ele sentia insuficiência respiratória. O advogado voltou a ser levado para o hospital, onde permaneceu internado até às 5h00 desta quinta-feira (09), quando veio a falecer.

O corpo foi encaminhado para a funerária, mas não haverá velório. Ele será levado direto para o Cemitério de Santa Cruz, onde será sepultado. Mesmo com todas as evidências, uma investigação deve ser iniciada pela Vigilância em Epidemiologia de Patos de Minas para ser comprovada a causa da morte e assim informar para a população.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Romeu Zema anuncia escala de pagamento

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou, nesta quarta-feira (28/10), a escala de pagamento dos servidores do Estado em novembro. A primeira parcela, com